São Paulo: 11 2222.1090 |

Ribeirão Preto: 16 4042.1911 |

Piracicaba/SP: 19 3927-5600

Doenças reumatológicas: quais são as principais?

As doenças reumatológicas podem causar grande impacto na saúde.

As doenças reumatológicas, também conhecidas como reumatismos, são um grupo de doenças crônicas que podem causar grandes impactos na saúde, isso porque quando não são tratadas de maneira adequada logo no início podem levar até mesmo a incapacidade física.

Elas podem surgir em todo o aparelho locomotor, como por exemplo, nos músculos, ossos, tendões, articulações, ligamentos e cartilagens. Da mesma forma, em alguns casos também podem ser afetados alguns órgãos internos. Os principais são os rins, intestino, pulmões, coração, olhos e até mesmo a pele.

Quem pode ser atingido por essas patologias?

Apesar de muitos acreditarem que as doenças reumatológicas ocorrem apenas em idoso, qualquer pessoa pode ser atingida, independentemente da idade. Há diversas razões que podem aumentar o risco de manifestação dessa enfermidade, as principais são:  traumatismos, fatores genéticos, ansiedade, sedentarismo, estresse, depressão, obesidade e alterações climáticas.

Quais são os primeiros sintomas das doenças reumáticas?

De acordo com o Ministério da Saúde, limitação para pentear o cabelo, diminuição da flexibilidade da coluna ao calçar os sapatos, dor nas articulações, dificuldade para escovar os dentes e/ou para se movimentar devido a rigidez das articulações ao acordar, podem ser alguns sinais.

Quais são as principais doenças reumáticas?

Osteoartrite (Artrose)

A osteoartrite, conhecida populares pelo nome artrose, é uma doença crônica que tem como principal característica o desgaste na cartilagem articular e alterações ósseas. É mais frequente em pessoas com mais de 40 anos, principalmente após os 60.

Nas mulheres, os principais locais afetados são as mãos e os joelhos, mas nos homens são o fêmur e a bacia. As causas podem variar, podendo acontecer devido a defeitos nas articulações e alterações no metabolismo.

Gota

A gota é uma patologia inflamatória que acontece quando há alta taxa de ácido úrico no sangue, apresentando resultados considerados a cima do que é considerado normal. Com o nome de hiperuricemia, esse problema pode ocorrer por dois motivos. O primeiro é a produção excessiva e o segundo pela deficiência da eliminação dessa substância.

Os mais atingidos por essa doença reumatológica são homens, com idade entre 40 e 50 anos, com vida sedentária, sobrepeso e que geralmente consomem com frequência bebidas alcoólicas. O diagnóstico é feito com base no histórico do paciente e com exame para verificar a taxa de ácido úrico. Essa doença precisa ser tratada, porque caso não tenha o tratamento adequado, a crise pode ficar mais grave.

Lúpus Eritematoso Sistêmico

O Lúpus é uma doença inflamatória crônica, de origem auto imune. Há dois tipos, o cutâneo, que causa manifestações na pele, e o sistêmico, que acomete os órgãos internos. Os primeiros sintomas podem ocorrer de forma lenta ou progressiva, e podem variar com fases ativas e outras em remissão.

Os mais atingidos são as pessoas com idade entre 20 e 40 anos. As causas podem estar relacionadas a fatores hormonais, genéticos e até ambientais. A principal alteração imunológica que causa essa doença são quando os anticorpos reagem com as proteínas do organismo, consequentemente causando inflamações em diversos órgãos do corpo.

O diagnóstico costuma ser feito com base no histórico do paciente associado aos sintomas, mas também podem ser solicitados alguns exames, como de sangue e urina. Determinadas alterações podem ser características da doença.

Lombalgia

A lombalgia é uma dor que ocorre na região lombar e pode se irradiar para as nádegas e também para as pernas. Existem 3 tipos, as agudas que duram menos que 3 semanas, subagudas e as crônicas que duram mais que 3 meses.

Essa doença é comum e há inúmeras causas diferentes para a manifestação dos sintomas, por exemplo, o excesso de peso, traumas, erro postural, osteoartrite na coluna e condicionamento físico inadequado. Portanto, o diagnóstico geralmente é feito de maneira clínica.

Fibromialgia

A fibromialgia pode ser uma enfermidade isolada ou estar associada a outra reumática, como a espondilite anquilosaste ou artrite reumatoide, que a tornam mais grave. Por ela não ser a causa da inflamação, não há um exame que possa comprovar que ela está presente, e o diagnóstico é feito com base nos sintomas.

As pessoas que têm fibromialgia sentem dores com sensibilidade nos músculos, tendões, articulações e outros tecidos moles. Acompanhado dessas manifestações vêm também as dores de cabeça, depressão, distúrbios do sono, ansiedade e fadiga.

Artrite Reumatoide

A Artrite Reumatoide é uma doença reumatológica que geralmente começa a se manifestar entre 30 a 40 anos e a probabilidade de ocorrer aumenta conforme o avanço da idade. As pessoas do sexo feminino são mais atingidas do que as do masculino.

A principal característica é a inflamação crônica que atinge as articulações, causando dor, vermelhidão, edema e calor. A proporção que a doença se agrava, há uma destruição da cartilagem, podendo desenvolver deformidades e incapacidade de realizar algumas tarefas no cotidiano, mas quando controlada, pode voltar ao normal.

O que fazer em caso de suspeita?

Os reumatismos são inflamações, que podem ser crônicas ou não. Eles têm tratamento que impedem o avanço dessas enfermidades. Por isso, é importante ir a uma consulta com o reumatologista para descobrir o que está causando. Apenas um especialista pode fazer o diagnóstico e indicar o melhor tratamento, melhorando a qualidade de vida.

Não encontrou aqui todas as informações que buscava? Deseja ser atendido por um de nossos especialistas? Clique no link abaixo e agende sua consulta:

AGENDE ONLINE!
AGENDE ONLINE Mande um WhatsApp
Mande um Whatsapp