Entenda o que significa o surgimento de pintas vermelhas na pele

É provável que você, em algum momento, já tenha visto pintas vermelhas na pele, correto? Em um primeiro momento, muitas pessoas acreditam que elas são inofensivas e não causam perigos ao corpo. Mas não se engane: dependendo das suas características, devemos ficar atentos e procurar o acompanhamento com um especialista na área.

Para ter uma ideia, na maioria das vezes, essas pintinhas são de origem genética, ou seja, passam de pais para filhos. Ainda assim, existem situações em que elas podem ser sinônimo de complicações de saúde, que vão desde uma simples alergia até micose ou Zika vírus. Um perigo!

E como não desejo que você coloque a sua saúde em risco, venho até aqui explicar tudo sobre o assunto. Ao longo da leitura, contarei as principais causas das pintas vermelhas na pele, bem como os seus possíveis tratamentos. Continue acompanhando para saber mais!

O que pode causar o surgimento de pintas vermelhas na pele?

As pintas vermelhas na pele podem surgir em qualquer parte do corpo humano, seja no rosto, no pescoço, nas costas, no tórax ou nas pernas. São, inclusive, muito comuns entre pessoas de pele bem clara, após os 40 anos e em mulheres grávidas. Basicamente, essas “bolinhas avermelhadas” consistem em vasos sanguíneos, que se agruparam e dilataram na superfície da cútis de forma benigna.

Em boa parte dos casos, elas também passam despercebidas, sem apresentar coceira, dor ou qualquer outro incômodo que chame a atenção do indivíduo. No entanto, quando isso acontecer, é um sinal de alerta, e a melhor saída é procurar um dermatologista. Para que você se prepare, indico a seguir as principais causas das pintas vermelhas na pele. Veja!

Micose

As micoses são infecções de pele causadas por fungos. O problema também pode aparecer nas unhas e nos cabelos, sendo mais frequente em indivíduos que vivem nos trópicos. Ou seja, locais com altos índices de calor e umidade — características estas ideais para a proliferação de fungos. Entre os seus sintomas, estão a coceira excessiva, a dor no local e as manchas avermelhadas na pele.

Tais marcas ainda podem se apresentar em tamanhos grandes, além de formar bolhas e descamação na área afetada. Quando isso acontece, é natural que o médico especialista indique o uso de medicamentos antifúngicos e, nos casos mais graves, antibióticos.

Zika vírus

Considerado uma verdadeira ameaça à saúde mundial, o Zika vírus é um problema transmitido por meio da picada de um mosquito: o Aedes aegypti. Uma vez contaminado, o organismo pode sofrer uma infecção intensa, com complicações graves. Dito isto, é importante se atentar aos sinais da doença, sendo eles:

  • dor nos olhos e articulações;
  • fadiga;
  • calafrio;
  • dor de cabeça;
  • vômito.

Há ainda outro sinal bastante comum — a irritação de pele, que tende a surgir em forma de pintas avermelhadas e com leve elevação. As manchas são acompanhadas de incômodo, coceira e aparecem, primeiramente, no rosto, se espalhando pelo restante do corpo em poucas horas. O tratamento para o Zika vírus? Muito repouso, hidratação e o uso de remédios devidamente prescritos pelo médico.

Psoríase

A psoríase é uma condição de pele inflamatória e crônica, capaz de atingir tanto homens quanto mulheres. Os sintomas mais comuns da doença são, justamente, as manchas avermelhadas, que descamam e coçam com uma certa intensidade. 

O problema é bastante frequente antes dos 30 e após os 50 anos, e está relacionado a fatores genéticos. Como tratamento, é indicado o uso de pomadas anti-inflamatórias, a proteção contra a exposição solar e certas mudanças na alimentação. Todas as práticas devem ser recomendadas por um dermatologista, combinado?

Qual a importância de um dermatologista nessa situação?

Tenha em mente que realizar o autoexame é fundamental para identificar uma série de complicações, como é o caso do câncer de pele. Semanalmente, analise se há a presença de manchas que crescem, apresentam assimetria e coloração diferenciada das demais pintas.

Independentemente da pinta que surgir na sua pele, a melhor saída é procurar o acompanhamento de um médico dermatologista. Além de analisar todo e qualquer tipo de lesão, esse profissional conseguirá identificar se a saúde da sua cútis, cabelo e unhas está em dia. 

Quando diagnosticadas em tempo, diversas complicações cujos sintomas incluem pintas vermelhas na pele apresentam grandes chances de cura e podem ser revertidas rapidamente. É um cuidado que vale a pena!

E então, gostou do post exclusivo sobre as pintas vermelhas na pele? Agora que você já sabe tudo sobre o assunto, aproveite para descobrir as causas das pintas marrons no corpo.

Não encontrou aqui todas as informações que buscava? Deseja ser atendido por um de nossos especialistas? Clique no link abaixo e agende sua consulta:

AGENDE ONLINE!

Os comentários estão desativados.

 
AGENDE ONLINE NOSSAS UNIDADES