Posso oferecer suco de frutas para crianças menores de um ano?

Leite Materno: Um ato de amor

Por Claire McCarthy, graduada em Medicina, editora da Harvard Health Publications

Pediatria não recomenda oferta de suco de frutas para crianças com menos de um ano.

Suco. Muitas pessoas relacionam essa bebida a algo saudável e essencial na dieta das crianças. Mas, na verdade, não é necessariamente saudável – e não precisa fazer parte da dieta de uma criança. A Academia Americana de Pediatria acaba de divulgar uma recomendação para que crianças com menos de um ano não bebam qualquer tipo de suco. Esta é uma alteração da orientação anterior, que indicava que crianças não deveriam ingerir suco antes dos seis meses de idade.

A princípio, pode parecer uma sugestão surpreendente, mas entenda porque os pediatras não são tão favoráveis ao suco:

  • Não possui muito valor nutricional. Contém algumas vitaminas, e o ácido ascórbico presente em alguns sucos pode ajudar o corpo a absorver ferro. Mas é sempre melhor comer a própria fruta (ou vegetal), em vez do suco. É uma opção mais saudável e oferece as fibras que o corpo precisa;
  • Pode causar cáries, principalmente em crianças que carregam mamadeiras ou copos para cima e para baixo e bebem gradualmente, a qualquer momento. Nesse caso, há presença de açúcar na boca o tempo todo, o que facilita o surgimento de cáries;
  • Pode levar ao excesso de peso. Nossos corpos são projetados para comer e não para beber nossas calorias. E, independentemente da quantidade de calorias que bebemos, nunca nos sentimos satisfeitos apenas com a ingestão de sucos;
  • Pode causar diarreia, principalmente em crianças;
  • Pode interferir na absorção de alguns medicamentos.

É fato que o suco é mais saudável do que o refrigerante. Mas quando se trata de excesso de peso e cáries, as duas bebidas não apresentam muitas diferenças. A questão é que, do ponto de vista da pediatria, crianças simplesmente não precisam de suco. A água e o leite não adoçado (ou o leite complementar fortificado, para pessoas com alergias ou intolerância à lactose) são as únicas bebidas que a criança realmente precisa. E, como já mencionei, a melhor maneira de obter qualquer valor nutricional que um suco pode oferecer, é comendo as próprias frutas e legumes.

E tudo bem oferecer suco para crianças acima de um ano, com algumas ressalvas:

  • Manter apenas uma dose por dia. Para crianças com até 7 anos, uma porção equivale a 120 ml e, acima dessa idade, a dose diária recomendada pela Academia Americana de Pediatria é 250 ml.
  • Certifique-se de oferecer 100% suco da fruta. Existe uma enorme variedade de bebidas nas prateleiras que contém muito açúcar e pouco (ou nenhum) suco da fruta. Leia as embalagens com atenção.
  • Por segurança, no caso de industrializados, certifique-se de que o suco que você dá ao seu filho seja pasteurizado.
  • Não dê o suco em mamadeiras ou copinhos! Isto é muito importante para prevenir cáries. Se você vai oferecer uma porção de suco, a recomendação do pediatra é que seu filho beba sentado, de uma só vez, e não algo que ele carregue por aí ou que você deixe na bolsa para oferecer durante um passeio. Se quiser carregar uma bebida, que seja água.

Como qualquer orientação, seja relacionada à pediatria ou não, pode haver exceções (se o seu filho está em suplementação de ferro, por exemplo, seu pediatra pode recomendar que você ofereça a medicação acompanhada de suco natural de laranja). Se você tiver dúvidas sobre esta recomendação, ou sobre qualquer outra coisa que seu filho deva comer ou beber, fale com seu pediatra. A GlobalMed disponibiliza os melhores especialistas para você.

Agende já sua consulta com o Pediatra clicando aqui!

Não encontrou aqui todas as informações que buscava? Deseja ser atendido por um de nossos especialistas? Clique no link abaixo e agende sua consulta:

AGENDE ONLINE!
AGENDE ONLINE NOSSAS UNIDADES