Outubro Rosa: o que é o câncer de mama?

O Outubro Rosa foi criado para lembrar a importância de prevenir o câncer de mama.

Qual o principal objetivo do Outubro Rosa?

O Outubro Rosa foi criado na década de 90 com o intuito de incentivar a população a ficar atenta ao câncer de mama. A campanha, que é realizada no mundo inteiro, tem como principal objetivo reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce. Isso porque, descobrir a doença logo no início aumenta a chance de cura.

O que é o Câncer de Mama?

O câncer de mama acontece quando há uma multiplicação de células tumorais nos seios. Não existe uma causa específica para a doença, havendo diversos fatores que podem aumentar o risco de desenvolvimento. Os principais são: o envelhecimento, fatores hereditários, obesidade, uso de terapia hormonal, menstruação precoce, etc.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), essa é a doença que mais causa mortes em mulheres depois do câncer de pele não melanoma. Só no ano de 2018, o instituto estima que serão 59.700 novos diagnósticos. O aparecimento é mais frequente em mulheres com mais de 50 anos de idade, porém, nos últimos anos tem aumentado o número de jovens com menos de 35 anos, totalizando 4% a 5% dos casos.

Quais são os sinais e sintomas da doença?

Nesse tipo de câncer de mama é preciso ficar atento aos seios e identificar qualquer alteração que haja neles. Para complementar, é importante realizar o exame do toque sempre que puder, identificando se há alguma alteração além do superficial. Fique atento se houver:

  • Nódulo endurecido e indolor
  • Dor, vermelhidão ou calor nos seios
  • Feridas no mamilo
  • Aparecimento de nódulo e inchaço nas axilas
  • Mudanças no formato ou tamanho da mama
  • Alterações na pele, aparentando casca de laranja
  • Coceira no local
  • Saída de secreção ou sangue pelo mamilo

Para constatar se pode ser ou não a doença é feita uma mamografia, capaz de identificar até mesmo pequenos tumores. O médico mastologista é o médico responsável por diagnosticar doenças nesta área do corpo e o mais indicado para fazer o diagnóstico correto. É fundamental consultar um especialista.

Como realizar o exame do toque?

Também conhecido como autoexame, o exame do toque é essencial para diagnosticar a doença em fase inicial. Ele deve ser feito entre o 7º e o 10º dia após o primeiro dia do ciclo da menstruação. Para aquelas que não menstruam, pode ser feito qualquer dia. Veja como realizá-lo em casa:

1 – Antes de começar o exame do toque é importante verificar o tamanho e a posição dos seios. Não pode ser esquecido também de observar o formato do mamilo e se há alguma secreção de origem desconhecida.

2- Em pé, de frente para o espelho, levante os braços e veja se há alguma alteração no contorno das mamas.

3- Com apenas o braço direito levantado, apalpe a mama deste lado com a mão esquerda. Faça movimentos circulares, apertando suavemente com os dedos e repare se há algum nódulo. Repita o procedimento do outro lado.

4 – Durante o banho, eleve o braço direito e deslize os dedos da mão esquerda da mama até a axila. Faça o mesmo do outro lado.

Não encontrou aqui todas as informações que buscava? Deseja ser atendido por um de nossos especialistas? Clique no link abaixo e agende sua consulta:

AGENDE ONLINE!

Os comentários estão desativados.

 
AGENDE ONLINE NOSSAS UNIDADES