Obesidade: O acúmulo de gordura é uma doença?

Para combater a obesidade é preciso realizar exercícios

A obesidade, conhecida também pelo acumulo de gordura corporal, tem causado bastante preocupação para a maioria dos países. Isso porque, a cada ano aumentam o número de adultos e crianças obesos no mundo inteiro. Levando em contato os dados do Ministério da Saúde, uma a cada cinco pessoas estão acima do peso no Brasil. Essa estatística levanta um alerta para a prevenção do problema e quais medidas podem ser tomadas caso a pessoa já se encontre nessa situação.

Hoje o excesso de peso tem sido considerado uma doença. Segundo o cardiologista Percy Chavez, ele pode ser o fator principal para o desencadeamento de condições graves e que podem levar a morte, como a hipertensão, diabetes, problemas cardiovasculares e até mesmo câncer. “A obesidade pode ser a responsável pelo AVC e infarto, podendo levar à morte”, diz o Dr. Percy.

Uma das maneiras de saber se está obeso ou não, é a relação do peso com a altura. Essa forma de medida é chamada de IMC (Índice de Massa Corporal). “Conforme o aumento do IMC, o risco de desenvolver alguma doença cardíaca também aumenta pelo acumulo de substâncias gordurosas nas artérias coronárias, responsáveis por fornecer sangue para o coração”, afirma Dr. Chavez.

Quais são as causas dessa condição?

A principal causa da obesidade é a alimentação irregular, o excesso de alimentos ingeridos e principalmente o sedentarismo. Outras condições também podem causar esse problema de saúde, sendo elas:

  • Fatores genéticos
  • Metabolismo lento
  • Utilização de medicamentos
  • Oscilações hormonais
  • Razões psicológicas (estresse, ansiedade, etc.)

 Quais medidas devem ser tomadas para tratar a obesidade?

Quando a quantidade de alimentos ingeridos é maior que o gasto calórico a tendência é aumentar o peso. Se há casos de obesidade na família as chances de isso acontecer ficam ainda maiores.

Com a rotina corrida se torna mais complicado manter as dietas. Essa afirmação leva em conta a facilidade de comprar alimentos processados, gordurosos e com excesso de açucares. Além disso, há uma escassez de alimentos naturais com um baixo custo.

É difícil mudar os hábitos alimentares, mas com força de vontade é possível reduzir os ponteiros da balança. Infelizmente, não existe uma maneira fácil e rápida de perder peso. É preciso foco, alimentação saudável e exercícios que estimulem a perda calórica. Em casos de pessoas que não conseguem perder peso e que estejam com o IMC acima de acima de 35, pode ser indicado a realização de cirurgias bariátricas.

Qual profissional procurar em caso de excesso de peso?

O mais indicado é estar sempre atento a saúde e manter o peso no considerado ideal na avaliação do IMC. Estar abaixo do peso ou acima pode ter grande influencia na saúde, por isso é preciso se manter na média. Caso esteja com excesso de peso é necessário procurar um nutrólogo para realizar a melhor dieta para as condições em que se encontra e um cardiologista para realizar um check up e conferir se está tudo certo com o coração.

Não encontrou aqui todas as informações que buscava? Deseja ser atendido por um de nossos especialistas? Clique no link abaixo e agende sua consulta:

AGENDE ONLINE!

Os comentários estão desativados.

 
AGENDE ONLINE NOSSAS UNIDADES