São Paulo: 11 2222.1090 |

Ribeirão Preto: 16 4042.1911 |

Piracicaba/SP: 19 3927-5600

Intolerância à Lactose: Como é realizado o diagnóstico?

A intolerância a lactose pode começar na infância

Você sabe o que é intolerância à lactose?

A Intolerância à Lactose é a incapacidade parcial ou completa de digerir a lactose, um tipo de açúcar presente no leite. Esse problema acontece quando o corpo não consegue produzir lactase, uma enzima produzida no intestino delgado, responsável por realizar a digestão dessa substância. Apesar de muitas pessoas confundirem, a intolerância a lactose é diferente da alergia a proteína do leite em que é necessário retirar completamente a substância da alimentação.

Quais são os tipos de intolerância?

Intolerância à Lactose Congênita: Esse tipo é causado por uma deficiência genética, passada de geração em geração. No caso, a criança já nasce com incapacitada de produzir a lactase. Ela é mais rara de acontecer do que os outros tipos.

Intolerância à Lactose Primária: Quando somos crianças produzimos mais lactase, ou seja, temos uma tolerância maior para os alimentos que possuem lactose. Com o passar do tempo o corpo vai diminuindo a fabricação dessa enzima podendo manifestar um quadro de intolerância.

Intolerância à Lactose Secundária: Ela acontece quando o intestino delgado começa a não produzir mais quantidade necessária de lactase. Isso pode acontecer devido a alguma cicatriz, cirurgia ou doença, como a Doença de Crohn, Síndrome do Intestino Irritável e Gastroenterites.

Quais são os principais sintomas?

Os sintomas podem aumentar ou diminuir de acordo com a alimentação. Quando é ingerido alguma substância que contenha lactose, eles podem aparecer em questão de minutos ou demorar algumas horas. Segundo o Ministério da Saúde, os principais sintomas dessa deficiência são:

  • Náuseas
  • Dores Abdominais
  • Diarreia
  • Gases
  • Desconforto

Apesar de os sintomas não proporcionarem riscos para a saúde, eles podem ser incômodos e até levar a situações que podem causar constrangimentos.

Como é feito o diagnóstico e qual médico procurar?

Inicialmente, as pessoas que sentirem sintomas semelhantes ao da deficiência dessa enzima podem fazer algumas anotações com os alimentos que foram consumidos durante o dia e procurar uma relação com os produtos que tenham lactose. Para confirmar a suspeita é preciso consultar um gastroenterologista e realizar exames específicos, como: exames de fezes, biópsia do intestino, exame de sangue e teste de hidrogênio expirado. Apenas um especialista pode pedir esses exames e diagnosticar corretamente.

Não encontrou aqui todas as informações que buscava? Deseja ser atendido por um de nossos especialistas? Clique no link abaixo e agende sua consulta:

AGENDE ONLINE!

Os comentários estão desativados.

 
AGENDE ONLINE Mande um WhatsApp
Mande um Whatsapp