São Paulo: 11 2222.1090 |

Ribeirão Preto: 16 4042.1911 |

Piracicaba/SP: 19 3927-5600

Ginecologista Infantil: O que faz esse profissional?

O ginecologista infantil é o responsável por cuidar da saúde de crianças e adolescentes

O que faz a área de ginecologia infanto puberal?

O ginecologista infantil é o especialista que tem como principal função cuidar da saúde da mulher, nesse caso, crianças e adolescentes do sexo feminino. O atendimento para essa faixa etária é feito para prevenir diversas doenças que podem ser causadas por má higiene, compartilhamento de objetos pessoais, etc.

Existem também diversas mães que procuram o médico para descobrir qual a causa dos corrimentos vaginas, dores mamárias e alterações hormonais nas crianças. Porém, um dos principais distúrbios pelo qual esse profissional é procurado é a sinéquia, condição que causa aderência dos pequenos lábios.

Como são as primeiras consultas com o ginecologista infantil?

Quando a criança tem até 8 anos, as consultas costumam ser voltadas para o crescimento e higiene. Depois dessa idade até os 13 anos é possível que os assuntos fiquem mais voltados para o crescimento de pelos pubianos, ciclos menstruais e aparecimento das mamas.

Já no atendimento com as meninas mais maduras e com a idade acima dos 14 anos, podem surgir dúvidas quanto a relacionamentos sexuais e queiram começar a utilizar anticoncepcionais. Nessa fase é muito importante que os pais não deixem de levar seus filhos ao consultório do ginecologista.

Durante a consulta o médico realizará diversas perguntas para a paciente, como por exemplo, qual o motivo de estar indo até lá, se há algum problema de saúde, se alguém da família tem doença genética, etc.

Entenda como é a primeira consulta com o ginecologista.

Qual é a idade ideal para procurar esse profissional?

Não existe uma idade certa para procurar esse especialista. Ele deve ser procurado sempre que houverem dúvidas ou doenças que estejam relacionadas ao sistema genital.

A consulta começa a ser necessária após a primeira relação sexual. Isso porque é importante tirar todas as dúvidas, realizar exames ginecológicos, receber orientações sobre doenças sexualmente transmissíveis (DST) e gravidez indesejada.

É obrigatório a realização de exames?

Não é obrigatório a realização de exames, essa parte fica a critério da paciente. Porém, eles são extremamente significativos, pois ajudam a prevenir e tratar rapidamente diversas doenças que podem atingir as mulheres.

Os procedimentos são diferentes para as meninas que nunca tiveram relações sexuais, havendo apenas métodos superficiais, como exame de toque na mama, verificar como está o abdômen e o órgão genital externo.

Para saber um pouco mais sobre os exames ginecológicos, acesse o link.

A mãe deve participar da consulta?

Até os 13 anos de idade é indicado que a mãe participe da consulta. Após os 14 anos, essa decisão fica a critério do médico e da paciente. Isso porque muitas adolescentes não se sentem à vontade de tirar dúvidas na frente dos pais.

Não encontrou aqui todas as informações que buscava? Deseja ser atendido por um de nossos especialistas? Clique no link abaixo e agende sua consulta:

AGENDE ONLINE!
AGENDE ONLINE Mande um WhatsApp
Mande um Whatsapp