Endocrinologia e metabologia: qual a relação entre elas?

Endocrinologia e metabologia sempre deixa dúvidas sobre sua relação.

A endocrinologia é uma área da medicina que cuida do sistema endócrino, composto pelas glândulas que secretam os hormônios. Este profissional faz o diagnóstico e acompanha o tratamento de qualquer disfunção ou doença que envolva estes sistemas.

Para se tornar um médico endocrinologista, após a conclusão da faculdade de medicina é preciso cursar uma especialização, com cerca de dois anos de duração, além de realizar residência médica.

O nome endocrinologia tem origem do grego e significa “secreção interna”, fazendo referência aos hormônios. As glândulas que secretam estes hormônios, podem ser divididas em dois grupos. Estes grupos são as glândulas endócrinas e as glândulas exócrinas. A diferença delas seria:

  • Glândulas endócrinas: estas glândulas secretam substâncias denominadas como hormônios, na corrente sanguínea, para que elas cheguem ao órgão ou local de sua função. Como exemplos destas glândulas podemos citar a tireoide, as adrenais, ovários, testículos, hipófise, hipotálamo, paratireoide e pâncreas.
  • Glândulas exócrinas: elas secretam substâncias na superfície livre do corpo, ou seja, não caem diretamente na corrente sanguínea. São direcionadas diretamente para os órgãos. Quer exemplos destas glândulas? Temos as salivares, as lacrimais, as sebáceas e as mamárias.

Mas e a metabologia? Do que se trata? A metabologia é a área que estuda o conjunto de mecanismos químicos que o organismo necessita para sua formação. Dessa forma a metabologia se integra com a endocrinologia em busca de melhor condição de vida, centrando o foco em alterações do corpo, para que a doença não chegue a se manifestar.

Qual o foco da metabologia?

A metabologia estuda o metabolismo humano, sempre verificando como acontecem as transformações do organismo ao longo dos anos. Dessa forma, ela estuda e atua para sanar possíveis problemas que no futuro podem se transformar em doenças. Ela ainda estuda a energia dos alimentos e como elas interagem com o corpo.

Dessa forma a endocrinologia e a metabologia podem agir unidas com o objetivo de fazer as pessoas terem uma melhor qualidade de vida e uma vida mais longa.

As medicinas de prevenção são consideradas essenciais no futuro na saúde humana. Isso porque elas garantem uma vida tranquila e extensa. A maioria das pessoas que busca um atendimento precoce em caso de sintomas, consegue diagnosticar rapidamente doenças. Desta forma elas são tratadas de maneira mais suave, causando menos impacto ao organismo.

Como funciona a consulta com endocrinologista

Na consulta com endocrinologista são tratadas doenças que envolvem as glândulas do corpo e suas secreções. As doenças mais abordadas por este especialista são: diabetes, obesidade, colesterol, doenças da tireoide, transformações das fases de diversas idades, como a puberdade ou problemas de crescimento.

Além disso, doenças que envolvas glândulas como a hipófise, adrenal, ovários ou testículos. Quando existe alguma alteração no ciclo menstrual ou qualquer alteração anormal que envolva a ação de hormônios.

Diante dos sintomas, o endocrinologista fará uma análise checando sinais e solicitando, quando necessário, exames laboratoriais. Esta analise geralmente, acontece em clínicas de endocrinologia e não costuma ser realizada em ambulatórios.

Quando posso procurar um endocrinologista

O endocrinologista pode ser consultado em diversas fases da vida e não necessariamente com o acometimento por alguma doença. Quer conhecer alguns desses momentos ou doenças?

  • Diabetes: causada pela má absorção ou deficiência na produção da insulina, que é o hormônio responsável por retirar a glicose do sangue e facilitar a transformação destas moléculas em energia.
  • Dificuldades para engravidar: alguns fatores podem interferir problemas na ovulação, alterações tubárias, endometriose ou problemas no útero.
  • Atraso ou ausência da menstruação: diversas situações podem resultar em ausência de menstruação, como: estresse, exercícios muito intensos, transtornos alimentares, emagrecimento excessivo, uso de determinados medicamentos, problemas em algumas glândulas endócrinas e doenças que afetem o aparelho reprodutor.
  • Hirsutismo: se trata do crescimento de pelos nas mulheres em regiões que são tipicamente masculinas. Muito relacionada com alterações hormonais, pode ser associada a problemas como alterações menstruais, acne e infertilidade.
  • Menopausa: acontece por volta dos 48 e 51 anos, porém pode ser mais precoce. Fica marcada pelo último período da menstruação. Nesta fase a mulher pode sentir muitos sintomas que são conhecidos como climatério. O endocrinologista pode nestes casos, verificar uma possível modulação hormonal e iniciar um tratamento.
  • Hipertensão: é a pressão alta, que pode afetar os vasos sanguíneos e o coração principalmente. Por ser uma doença crônica, ela pede atenção ao longo do tempo de vida.

Tireoide: doenças que evolvem a diminuição ou excesso da liberação dos hormônios tireoidianos. Algumas delas são autoimunes e podem acometer a glândula ocorrendo esta descompensação. Isso pode gerar uma série de sintomas como fadiga, inchaço, ganho de peso, suor em excesso e sonolência.

Além disso são tratados sintomas que envolvam o metabolismo em geral e que indiquem algum desequilíbrio. Podemos citar alguns como cansaço, fadiga, sonolência, irritabilidade, fraqueza, indisposição, queda de cabelos, unhas quebradiças, ressecamento de olhos e mucosas.

Relação entre metabologia e endocrinologia

Os principais pontos que a endocrinologia e a metabologia se unem seriam em questões que visam uma melhor qualidade de vida. Algumas delas envolvem: exercícios físicos, alimentação saudável, cuidados com o sono e redução do estresse. Estes pilares em ambos segmentos são essenciais para quem busca uma longevidade.

Os profissionais então, podem alinhar processos em busca de equilibrar o metabolismo em geral. Enquanto a endocrinologia trata as disfunções de secreções e hormônios, o profissional de metabologia verifica as reações químicas que o organismo necessita para seu melhor desempenho.

Para a permissão em endocrinologia e metabologia exige que o profissional já formado em medicina, faça uma especialização e atividades práticas de aprimoramento. Após a conclusão destas etapas, o médico se associa com o SBEM –Sociedade Brasileira de Endocrinologia. Além disso, é recomendado que os profissionais passem por atualizações sempre que possível.

Quer saber mais detalhes sobre a consulta com endocrinologista nas clínicas da GlobalMed? Acesse o nosso site e veja informações sobre esta e outras especialidades!

Não encontrou aqui todas as informações que buscava? Deseja ser atendido por um de nossos especialistas? Clique no link abaixo e agende sua consulta:

Não encontrou aqui todas as informações que buscava? Deseja ser atendido por um de nossos especialistas? Clique no link abaixo e agende sua consulta:

AGENDE ONLINE!

Os comentários estão desativados.

 
AGENDE ONLINE NOSSAS UNIDADES