Consulta com Psiquiatra: como é a consulta com esse médico?

Avatar

Priorizar a prevenção da saúde mental e física é essencial para o bem-estar e a qualidade de vida. Nesse sentido, é preciso ficar atento aos sinais que sugerem a necessidade de agendar uma consulta com psiquiatra.

No entanto, quem ainda não se consultou com esse profissional deve conhecer os aspectos que envolvem o acompanhamento psiquiátrico. O primeiro ponto relevante é entender que, ao contrário do que muitos pensam, a Psiquiatria não é uma especialidade voltada para “loucos”.

Quer saber por que e quais as situações que se deve buscar esse tipo de ajuda profissional? Conheça, então, os principais fatores que devem ser avaliados durante a consulta e veja também a diferença entre um psiquiatra e um psicólogo. Boa leitura!

Veja como funciona a consulta com psiquiatra

A consulta com um especialista dessa área segue os mesmos padrões das demais consultas. Como as doenças ligadas à mente não são visíveis, isso torna o diagnóstico mais difícil. Assim, é necessário manter um diálogo aberto e com muita clareza para que o profissional compreenda o problema como um todo e proponha uma terapia mais adequada.

Logo, a consulta com psiquiatra exige uma avaliação completa, tanto física como psicológica. Analisar o histórico clínico do paciente também ajuda bastante na determinação diagnóstica. Em alguns casos, o especialista pode realizar testes neurológicos e solicitar exames de imagem para complementar a avaliação.

Todos esses fatores contribuem para traçar um correto diagnóstico e apontar a melhor opção de tratamento. A maioria dos casos exige o uso de medicamentos associados com terapias.

Conheça as principais diferenças entre psiquiatra e psicólogo

A psiquiatria é a especialidade médica que busca prevenir, diagnosticar e tratar diferentes tipos de doenças e distúrbios mentais. Diferentemente do psicólogo, o psiquiatra é um médico que está apto a prescrever medicamentos para promover o equilíbrio e reduzir os impactos dessas enfermidades sobre a qualidade de vida do paciente.

Já o psicólogo é um profissional voltado para o controle de doenças que provocam desordens psicológicas, mas no sentido estritamente emocional.

O foco do psicólogo é utilizar técnicas que objetivam analisar o comportamento humano intervir nos problemas emocionais, sejam de ordem comportamental ou mental. O psicólogo promove a qualidade da saúde por meio de terapias que conduzam o paciente à reflexão sobre suas emoções e o quanto elas influenciam seu comportamento. Logo, o psicólogo não trata transtornos psiquiátricos.

Esse profissional ajuda quem está em busca de alguma orientação como um processo de luto, grandes dificuldades na vida emocional, pessoal, profissional ou social. Todavia, o psicólogo pode trabalhar em conjunto com o psiquiatra para amenizar os sintomas resultantes de quadros psiquiátricos.

Saiba quando procurar um psiquiatra

Agora que você já entendeu melhor a importância de contar com o apoio de profissionais especializados para a manutenção da sua saúde mental, conheça quatro importantes sinais que indicam a necessidade de agendar consulta com psiquiatra!

Mudanças de humor muito frequentes

O estilo de vida moderno cursa com situações que favorecem mudanças de humor repentinas que, às vezes, ocorrem até mesmo por motivos banais. No entanto, se essas alterações no humor ocorrem com muita frequência, podem ser indícios de que algo não está bem.

Nesse caso, a orientação mais adequada é buscar ajuda psiquiátrica para ter uma avaliação mais precisa do problema. O médico psiquiatra é o mais habilitado para esse tipo de análise e, caso haja necessidade, indicará o uso de medicação de auxílio.

Problemas relacionados ao sono

A maioria das pessoas enfrenta, casualmente, dificuldades para dormir. No entanto, se você passa por crises de insônia frequentes e que prejudicam o desempenho das suas atividades diárias, é importante buscar ajuda de um psiquiatra.

Alguns transtornos mentais, como síndrome do pânico e outros tipos de ansiedade, podem ter relação com distúrbios no sono. Logo, esse quadro requer avaliação mais criteriosa e o posterior encaminhamento para terapias mais adequadas.

Dificuldade para se livrar de algum vício

Se você está enfrentando dificuldades para abandonar alguns hábitos pouco saudáveis que têm atrapalhado sua vida, está na hora de procurar um psiquiatra. Normalmente, o abuso de álcool, cigarro ou de certos tipos de drogas é utilizado como uma válvula de escape para outros problemas. Por isso, o ideal é buscar ajuda especializada o quanto antes.

Transtornos emocionais muito graves

Alguns distúrbios emocionais estão associados a outras doenças e, quando somados a problemas recorrentes, exigem a necessidade de tratamento psiquiátrico. Doenças como a depressão, ansiedade patológica e o transtorno obsessivo-compulsivo figuram entre os quadros psiquiátricos que mais precisam de atenção emergencial.

Essas questões não podem ser ignoradas, visto que no Brasil, a ansiedade afeta 9,3% (18.657.943) da nossa população. Portanto, se você está percebendo sintomas típicos de problemas que indicam a necessidade de um psiquiatra, não hesite em procurar ajuda.

Uma boa alternativa para se consultar com esse médico — sem enfrentar filas e por um preço mais acessível — é a clínica popular da GlobalMed. Lá, você encontrará profissionais capacitados e experientes nessa área. Portanto, procure um especialista mais próximo de você e agende uma consulta com psiquiatra.

Gostou deste artigo? Curta o nosso Facebook e acompanhe nossos conteúdos exclusivos!

Não encontrou aqui todas as informações que buscava? Deseja ser atendido por um de nossos especialistas? Clique no link abaixo e agende sua consulta:

AGENDE ONLINE!
AGENDE ONLINE NOSSAS UNIDADES