Consulta com Oftalmologista: quando procurar este médico?

Avatar
A consulta com oftalmologista deve ser feita anualmente.

Você tem sentido algum incômodo recorrente em seus olhos? Apresenta dificuldade para enxergar e acha que pode estar com a necessidade de usar óculos para melhorar esse quadro? Então, chegou o momento de comparecer a uma consulta com oftalmologista!

Especialista em todas as atividades médicas que dizem respeito aos cuidados com os olhos, esse profissional cuida de seus pacientes, de crianças a idosos, a fim de prevenir e tratar quaisquer males oftalmológicos, como vícios de refração, miopia, hipermetropia e astigmatismo.

Quer saber mais sobre o médico e quando é ideal procurá-lo? Então, continue a leitura!

Para que serve a consulta com oftalmologista?

A oftalmologia é a especialidade médica que estuda e cuida dos olhos. A consulta com oftalmologista deve ocorrer para que exista a prevenção, o diagnóstico e o tratamento das doenças oftalmológicas. Por um lado, elas podem apenas provocar irritações; por outro, podem oferecer riscos de cegueira e até a morte.

Segundo dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, cerca de 40% da população do Brasil que tem idade acima dos 60 anos pode desenvolver doenças oftalmológicas. Algumas dessas doenças se mostram graves, como o glaucoma, que, se não for diagnosticado e tratado, pode provocar a cegueira.

Quando procurar por um oftalmologista?

A melhor forma de prevenir as doenças oftalmológicas é realizando uma consulta periódica com o médico oftalmologista, pois, quanto antes uma doença é diagnosticada, menos chances ela tem de causar danos graves à saúde.

A consulta com oftalmologista deve ocorrer a partir dos primeiros meses de vida e estende-se até a fase idosa, quando doenças mais graves costumam surgir. Somente esse médico está capacitado para diagnosticar e tratar as doenças oculares. Por isso, o oftalmologista deve ser procurado nas seguintes situações:

  • até os 40 anos de idade, a consulta periódica com o especialista deve ocorrer a cada dois anos e anualmente depois dessa idade;
  • dores de cabeça constantes;
  • ardência e olhos secos;
  • coceiras ou sinais de vermelhidão;
  • dificuldade de leitura;
  • em casos de problemas para enxergar, sejam eles de perto, sejam a distância;
  • embaçamento e qualquer outro tipo de irritabilidade que exista nos olhos.

Quais são as principais doenças oftalmológicas?

Existem diversos tipos de doenças oftalmológicas que causam problemas graves na saúde, e muitas podem ser prevenidas quando o paciente passa pelo atendimento regularmente. Por esse motivo, é indicado realizar um check-up oftalmológico regularmente, mesmo para aqueles que não fazem o uso de óculos. Veja quais são as principais enfermidades.

Daltonismo

O daltonismo é uma doença hereditária que faz com que a pessoa não saiba diferenciar as cores. O distúrbio é mais comum em homens.

O principal sintoma é a dificuldade para fazer a distinção entre tons de vermelho e verde, o que pode causar transtornos na vida do paciente.

Catarata

A catarata acontece quando a lente natural que temos no nossos olhos perde a transparência. Há, assim, uma opacidade lenta e natural da estrutura. Essa doença é mais comum em pessoas mais velhas, com mais de 70 anos. No Brasil, hoje, 600 mil pessoas realizam a cirurgia da catarata anualmente.

O principal sintoma da catarata é a visão embaçada, somada à dificuldade de enxergar em ambientes escuros, perda parcial da visão e excesso de sensibilidade em exposição à luz.

Glaucoma

O glaucoma ocorre quando o nervo que liga os olhos ao cérebro sofre danos devido ao aumento da pressão intraocular. É uma das enfermidades mais graves, podendo levar à cegueira.

A doença pode ser congênita, quando vem do nascimento; secundária, quando ocorre após outros problemas oculares; crônica, mais comum em pessoas com mais de 35 anos, quando há obstrução de escoamento do humor aquoso. Pode causar perda lenta de visão, dores nos olhos e dores de cabeça.

Astigmatismo

O astigmatismo é causado por uma curvatura anormal na córnea, fazendo com que a visão fique distorcida. Esse vício faz com que o paciente tenha a sensação de visão turva e sinta uma tensão na região dos olhos.

Pode ser corrigido com uso de lentes de contato, óculos e cirurgia oftalmológica. Em qualquer um dos casos, é necessário acompanhamento e avaliação em consulta com oftalmologista.

Miopia

A miopia é um defeito anatômico no olho em que a imagem se forma antes da retina. É um dos problemas mais comuns. Você provavelmente é ou conhece alguém que seja míope, certo?

No caso desse problema oftalmológico, há dificuldade de enxergar a distância, como em situações do cotidiano que envolvem pegar um ônibus e compreender o que está escrito na lousa em sala de aula.

Hipermetropia

A hipermetropia é um distúrbio em que os olhos apresentam medidas menores que o normal, fazendo com que a imagem produzida pela luz se forme depois da retina.

Bastante comum, os sintomas podem envolver fadiga e dor de cabeça em situações como leitura, escrita e trabalho em computadores, nas quais a visão mais próxima é requisitada.

Estrabismo

No caso desse distúrbio oftalmológico, os dois olhos não olham na mesma direção simultaneamente, porque há uma deficiência no controle muscular da região. Assim, as pessoas podem apresentar visão embaçada e dupla entre seus sinais.

Conjuntivite

A conjuntivite se caracteriza por um quadro inflamatório na região branca do olho, a conjuntiva. Pode ser viral, alérgica, bacteriana, tóxica, entre outras opções.

Sua forma mais comum é a que se dá por vírus ou bactéria, causando lacrimejamento, vermelhidão, coceira e uma sensação incômoda de areia na região dos olhos.

Retinopatia diabética

Nesse caso, devido ao excesso de glicose, pode haver comprometimento dos vasos sanguíneos que se encontram dentro da retina, o fundo do olho.

O paciente pode apresentar dificuldade de enxergar, embaçamento da visão, moscas volantes e visão com áreas escuras.

Terçol

Extremamente comum em diferentes épocas do ano, o terçol é uma inflamação na borda das pálpebras oculares, causada por uma bactéria. Pode gerar pus e secreção no local, dor, inchaço, coceira e vermelhidão nos olhos.

Onde realizar uma consulta com oftalmologista a preço acessível?

Assim como em outras especialidades médicas, a consulta com oftalmologista é necessária para prevenir e tratar as doenças citadas. No entanto, você sabe onde realizá-la? A GlobalMed é uma clínica médica popular que oferece consulta com o oftalmologista por valores mais acessíveis. Na clínica, o atendimento proporciona máxima qualidade e eficiência. 

Além do que foi citado, o oftalmologista também é responsável por cuidar de diversas outras doenças, como descolamento de retina, presbiopia e uveíte. Fique atento a qualquer manifestação diferente nos olhos e marque uma consulta com o profissional se notar algum dos sintomas relatados.

Para maiores informações, entre em contato com a nossa equipe e aproveite para agendar a sua consulta, será um grande prazer recebê-lo na GlobalMed. Acesse já nossa página para agendamento de consulta com oftalmologista!

Não encontrou aqui todas as informações que buscava? Deseja ser atendido por um de nossos especialistas? Clique no link abaixo e agende sua consulta:

AGENDE ONLINE!
AGENDE ONLINE NOSSAS UNIDADES