Consulta com Endocrinologista: para o que serve?

Avatar

Saber quando marcar uma consulta com endocrinologista é essencial à manutenção da saúde. A função da Endocrinologia é cuidar dos hormônios, mais especificamente, das alterações hormonais que desequilibram o funcionamento do organismo.

Os hormônios são responsáveis pelo controle das funções do metabolismo e são liberados pelas glândulas endócrinas. Quando os hormônios ficam alterados aumenta a probabilidade do desenvolvimento de diversas doenças. Por isso, é necessário o acompanhamento com um endocrinologista para evitar o surgimento desses problemas.

Quer saber mais? Então, você está no lugar certo, pois este artigo mostrará qual o papel do profissional desse ramo. Indicará, ainda, quais são as doenças tratadas por essa especialidade e para que serve uma consulta com endocrinologista. Acompanhe!

O que faz o médico endocrinologista?

endocrinologista é o profissional da medicina que cuida das doenças relacionadas aos hormônios. Sua especialidade é prevenir, diagnosticar e tratar distúrbios relacionadas ao sistema endócrino. Assim, o campo de atuação do profissional da endocrinologia é bem vasto, já que todas as funções orgânicas dependem da ação hormonal.

Veja, agora, algumas das subdivisões da Endocrinologia!

Endocrinologia clínica

Também conhecida como Endocrinologia geral, essa modalidade clínica visa reconhecer e oferecer tratamento para os quadros clínicos relacionados aos hormônios. Quando existe alguma anormalidade, esse profissional oferece uma terapia que objetiva restabelecer o equilíbrio do organismo.

O especialista em endocrinologia está apto a tratar diferentes distúrbios que podem ocorrer mediante eventuais falhas das glândulas endócrinas na liberação dos hormônios. Essas substâncias são liberadas diretamente no sangue e são responsáveis pelo equilíbrio do metabolismo.

Metabologia

A metabologia é uma área específica que cuida dos desajustes específicos associados ao peso corporal. Assim, quem necessita realizar um plano alimentar para perder peso, o ideal é buscar a ajuda de um endocrinologista com especialização em metabologia.

Durante a consulta com endocrinologista, esse especialista avaliará alguns dados importantes como a relação entre peso e altura e as medidas da circunferência da cintura.

Essa análise é fundamental para direcionar condutas que minimizem os riscos de o paciente ser afetado por problemas cardiovasculares — ou por outras comorbidades — em decorrência do excesso de peso.

Endocrinologia esportiva

O endocrinologista esportista é o médico indicado para acompanhar quem pratica atividade física ou atletas de alto rendimento que precisam melhorar a performance nos treinos e nas competições profissionais.

Esse especialista pode trabalhar integrado com o preparador físico e o nutricionista a fim de oferecer o suporte adequado aos pacientes com esse perfil específico. Um dos exames mais utilizados pelos endocrinologistas desportivos é o de bioimpedância. Por meio dele, é possível descobrir os níveis de água, de músculo e de gordura corporal.

Com esses dados em mãos, o médico indicará as melhores condutas ou estabelecerá as estratégias mais adequadas para eliminar gordura e aumentar a força muscular necessária para atingir resultados mais satisfatórios nos treinos.

Quais os exames mais comuns solicitados pelo endocrinologista?

Enumeramos os exames mais importantes para avaliação endócrina e prevenção de doenças. Veja quais são!

Testosterona

Este é o principal hormônio dos homens e tem como função controlar características masculinas como a tonalidade da voz, o crescimento dos pelos do corpo, além de influenciar o aumento da massa muscular.

A testosterona também é responsável pela produção de espermatozoides, o que a relaciona diretamente com a fertilidade do homem. Ainda que seja em níveis menores, essa substância também está presente nas mulheres.

Entre os exames mais solicitados pelo endocrinologista destaca-se a dosagem da testosterona livre — que indica a concentração desse hormônio disponível no organismo — e o de testosterona total.

Prolactina

A prolactina é o hormônio presente no leite humano. Qualquer alteração na dosagem de prolactina pode gerar diversas consequências à saúde da mulher. As anormalidades mais comuns são amenorreia, que é a suspensão da menstruação, e o aparecimento de tumores.

T3 e T4

O T3 (ou tri-iodotironina) é um hormônio que atua complementando a função do T4 (a tiroxina). Eles são produzidos pela tireoide e, juntos, desempenham a função de controlar como cada célula do corpo age e como elas gastam energia.

Em linhas gerais, esse processo é denominado de metabolismo e dele depende todas as reações orgânicas. Quando a glândula tireoide libera T3 e T4 em excesso, as reações metabólicas aceleram. Já a menor liberação desses hormônios tornam o metabolismo mais lento.

Cortisol

Esse exame objetiva medir o nível deste hormônio na corrente sanguínea, pois a ação do cortisol influencia diretamente o metabolismo das proteínas, lipídeos (as gorduras do corpo) e os carboidratos (os açúcares).

O cortisol tem relação direta com o estresse e a ansiedade, pois quando está alto, o cortisol impede a ação da serotonina e da dopamina, elementos responsáveis pelo bom humor. Além disso, o cortisol afeta os níveis de glicose do sangue, influencia a pressão arterial e tem importante papel na regulação da defesa imunológica.

 TSH

O Hormônio Estimulante da Tireoide (ou TSH) é produzido na hipófise e serve para avaliar se há problemas na glândula tireoide. O TSH é medido juntamente com as dosagens de T3 e T4 para confirmação diagnóstica de doenças tireoidianas.

Como saber se preciso marcar uma consulta com endocrinologista?

Alguns sinais indicam a necessidade de procurar esse profissional. As manifestações mais evidentes são manchas na pele, dores frequentes nos ossos e nas articulações, cansaço extremo, perda da libido e descontrole do peso corporal.

Em crianças e adolescentes, algumas anormalidades têm relação direta com o sistema endócrino. O excesso de crescimento de pelo nos meninos e problemas menstruais nas meninas podem ser indícios de desequilíbrios hormonais.

Há, porém, outros males associados às disfunções endócrinas que merecem atenção especial. Confira!

Diabetes

O Diabetes é uma doença conhecida como “silenciosa”, pois geralmente seus sintomas demoram a se manifestar. No entanto, estudos alertam para a necessidade de buscar medidas de prevenção urgentes, já que o Diabetes atinge cerca de 9% da população brasileira.

O surgimento dessa doença está intrinsecamente ligado à deficiência na ação da glicose (açúcar). Isso ocorre devido à falta ou à dificuldade da metabolização da insulina, um importante hormônio produzido no pâncreas.

Muitas são as doenças associadas ao Diabetes. Por isso, se não for adequadamente controlada, ela pode causar sérios danos à saúde. Os mais comuns são a neuropatia (doença que afeta os nervos periféricos), problemas de visão, insuficiência renal, AVC, infarto e amputações de membros devido à dificuldade de cicatrização das feridas.

Doenças da Tireoide

A tireoide é uma glândula que secreta os hormônios T3 e T4, de cuja ação depende o equilíbrio do metabolismo, inclusive o controle de outras glândulas espalhadas pelo corpo.

Geralmente, a disfunção tireoidiana afeta as mulheres, mas também pode surgir na classe masculina. Os principais sinais são a irregularidade do intestino, coração acelerado (taquicardia), distúrbios do sono, irritabilidade e descontrole na termorregulação (excesso de frio ou de calor).

Quando a dosagem do hormônio está em baixa, caracteriza-se o hipotireoidismo, quadro clínico que deixa o metabolismo mais lento. Além da alteração no humor, o paciente apresenta sonolência, constipação intestinal, ganho de peso e as unhas e os cabelos ficam quebradiços.

Por outro lado, o hipertireoidismo causa fraqueza muscular, perda de peso, transpiração excessiva, alterações na função cardiovascular, diarreia e irritabilidade.

Obesidade

A obesidade é um dos motivos que leva grande parte das pessoas a buscarem ajuda com o endocrinologista, já que ele é o profissional mais indicado para tratar esse distúrbio metabólico.

Segundo dados recentes amplamente divulgados pela mídia, quase 20% da população brasileira está obesa. Essa realidade é extremamente preocupante, haja vista a intrínseca relação entre o excesso de peso e doenças com alto índice de morbidade.

Os problemas relativos a essa doença podem variar desde diabetes, problemas cardíacos, descontrole da pressão arterial até alguns tipos de câncer. Logo, como a obesidade é considerada uma doença crônica e progressiva, ela pode causar graves consequências à saúde.

Osteoporose

Um dos principais sintomas da osteoporose é a descalcificação progressiva dos ossos. Como a ação do cálcio nos ossos depende dos hormônios, as alterações nessas substâncias tornam os ossos porosos e frágeis. Se não tratada, essa condição eleva os riscos de morbidade e o desenvolvimento de outras enfermidades do aparelho locomotor.

Menopausa e Andropausa

Outro aspecto relevante em relação aos distúrbios endócrinos é o aumento da ocorrência dessas doenças em mulheres. Isso se explica devido à influência das mudanças hormonais — como a diminuição dos níveis de estrogênio — que ocorrem na menopausa.

Nos homens, o estilo de vida também concorre para o desenvolvimento de doenças caracterizadas por desordens metabólicas. O uso de bebidas, de cigarros e a falta de atividade física contribuem para o desequilíbrio das taxas hormonais.

Assim como nas mulheres, o aumento da circunferência abdominal nos homens eleva os riscos para doenças relacionadas ao acúmulo de gorduras. Grande parte das células de gordura não eliminadas vão para a corrente sanguínea e aumentam os níveis de aterosclerose e de colesterol.

Além disso, após os 50 anos, a tendência é a redução gradativa da produção de testosterona. Esse fenômeno é conhecido como andropausa e exige acompanhamento regular com o endocrinologista.

Logo, se você está em busca de um profissional de endocrinologia para realizar um tratamento de qualidade, conte com os profissionais da GlobalMed. Em nossa rede de clínicas, cada consulta com endocrinogista é um passo a mais para alcançar o bem-estar, ter mais qualidade de vida e muito mais saúde.

Quer saber mais detalhes sobre a consulta com endocrinologista nas clínicas da GlobalMed? Acesse o nosso site e veja informações sobre esta e outras especialidades!

Não encontrou aqui todas as informações que buscava? Deseja ser atendido por um de nossos especialistas? Clique no link abaixo e agende sua consulta:

AGENDE ONLINE!
AGENDE ONLINE NOSSAS UNIDADES