5 verdades sobre endocrinologia

Avatar

O campo de atuação da endocrinologia é totalmente vasto, considerando que os hormônios regulam praticamente todas as funções orgânicas e com isso, as alterações hormonais podem provocar diversas doenças, envolvendo totalmente o organismo.

Algumas pessoas procuram o endocrinologista com a ideia de que ele é um profissional voltado para dietas de emagrecimento.

O endocrinologista realmente entende sobre distúrbios metabólicos bastante comuns na clínica diária tais como, dislipidemias, diabetes, hiperuricemias, e estes estarem muitas das vezes ligados a obesidade, o que é hoje uma epidemia mundial, o mesmo trata também das disfunções hormonais, o que é o foco de sua especialidade.

Porém, como em qualquer especialidade médica, hoje em dia, existem profissionais especializados, assim que estudam por exemplo apenas a glândula supra-renal, ou a hipófise e assim por diante. Mas de forma geral cabe ao endocrinologista atender tratar os problemas que, geralmente, esses hormônios sofrem, ajudando então a restabelecer o equilíbrio do organismo.

Selecionamos para você 5 áreas que envolvem a endocrinologia para discutirmos e saber como elas atuam no nosso organismo!

 

1 – Distúrbios Menstruais

Nem sempre o ciclo menstrual vem com sua ciclicidade e regularidade mensalmente, podendo então passar meses sem vir, não sendo uma gravidez. Essas alterações podem ser distúrbios hormonais, e até significar uma dificuldade em engravidar – anovulação. Isso necessita de uma investigação mais detalhada e de tratamento em conjunto com um ginecologista e equipe.

 

2 – Distúrbios da Puberdade

O aparecimento precoce de pelos pubianos, mama, ou odor axilar exagerado em crianças precocemente, podem ser resultados de distúrbios hormonais e quase sempre é necessário uma avaliação, para que se interrompa a puberdade se for o caso. Em outros casos, para os adolescentes que não desenvolverem essas características no tempo certo, também necessitarão de uma avaliação.

 

3 – Excesso de Pelos

O excesso de pelos na face, acne ou aumento de massa muscular, podem estar associados com a produção excessiva de hormônios masculinos – androgênios. Sua causa pode ser com frequência a Síndrome dos Ovários Policísticos, que muito frequentemente está ligada a Síndrome metabólica.

 

4 – Osteoporose

A osteoporose é uma das maiores causas de queda em idosos e é considerada hoje em dia um problema de saúde pública. Sua maior causa é a baixa de estrogênio que ocorre na pós- menopausa. Fraturas frequentes podem significar enfraquecimento ósseo. Sua prevenção e tratamento, é hoje também multidisciplinar, porém é considerada uma doença endócrina.

 

5 – Tireoide

Os hormônios tireoidianos são responsáveis pelo controle do funcionamento de praticamente todos os órgãos. Pequenas alterações destes hormônios no sangue levam a sintomas perceptíveis, mostrando que o organismo está trabalhando demais, Hipertireoidismo, ou de menos, Hipotireoidismo, alterando o metabolismo, fazendo com que o corpo produza mais ou menos calor e consuma mais ou menos energia.

Além de Hipertireoidismo e Hipotireoidismo, ainda existem os nódulos tireoidianos que são o aumento do volume do pescoço – bócio, nervosismo, insônia e alterações no ritmo intestinal, coração acelerado ou desacelerado, perda ou ganho de peso e excesso de frio ou calor podem significar distúrbios da tireoide.

CTA BLOG

Saber sobre a área da endocrinologia é de extrema importância para nos munirmos de informações, pois com saúde não podemos ter falta de atenção. Caso você tenha alguns desses problemas, marque uma consulta conosco. O que você achou de nossa publicação? Entre em contato conosco e nos diga!

Não encontrou aqui todas as informações que buscava? Deseja ser atendido por um de nossos especialistas? Clique no link abaixo e agende sua consulta:

AGENDE ONLINE!
AGENDE ONLINE NOSSAS UNIDADES